Azeite como analgésico e anti-inflamatório natural

//Azeite como analgésico e anti-inflamatório natural

O azeite extra virgem tem um composto que ajuda a aliviar as dores, a combater inflamações e a reduzir o risco de cancro. Este é o resultado de um estudo realizado por cientistas norte-americanos da Universidade de Filadélfia, publicado na revista científica Nature.

Há muito que se tem vindo a atribuir ao azeite capacidades ‘medicinais’, nomeadamente graças a pesquisas que destacam os seus benefícios enquanto gordura insaturada e essencial na dieta mediterrânica.

oleo de azeite

Agora, e de acordo com os investigadores, o composto, denominado oleocanthal , actua da mesma forma que o ibuprofeno (substância activa dos analgésicos e anti-inflamatórios). “Uma dose boa de óleo de azeite como quatro colheres, de azeite confere o equivalente a cerca de 10 por cento da dose de ibuprofeno, recomendada para alívio das dores num adulto”, afirmam os cientistas norte-americanos.

Desta forma, o consumo de azeite poderá, a longo prazo, ajudar na prevenção da doença de Alzheimer ou diminuir o risco de cancro.
Segundo Paul Breslin, um dos investigadores, o oleocanthal existe em qualquer azeite extra virgem. No entanto, a sua concentração depende de vários factores, como a variedade da azeitona e a sua idade na altura em que é prensada. Por isso, para escolher o azeite com a maior dose deste composto, o investigador aconselha aqueles que tenha um “sabor autenticamente mediterrânico”.

Para chegarem a estas conclusões, os cientistas analisaram vários tipos de azeite, quer de versões naturais quer sintéticas. Em ambas, ficou demonstrado que possuem a mesma capacidade irritante na garganta. Ou seja, uma boa forma de se saber se o azeite é de boa qualidade, é “tomar um pequeno gole e verificar quão forte é a sensação”, afirmou Paul Breslin. E acrescentou: “Quanto maior o ardor, maior o nível de oleocanthal “.
Apesar do referido composto não ter, à partida, o mesmo efeito imediato que o ibuprofeno , os cientistas acreditam que este pode ser uma boa arma de prevenção em situações futuras.

2018-05-16T18:43:31+00:00 By |Saúde|0 Comments

About the Author:

Estudante e amante sobre tudo relacionado a vida e estilo saudável

Leave A Comment