Principal 2018-05-02T21:09:53+00:00

Os riscos da obesidade na saúde

Os riscos da obesidade na saúde são um problema de saúde e têm de ser encarados para tratamento olhando para a obesidade como uma doença crônica. Os riscos de saúde presentes no excesso de peso vão da diabetes, a problemas respiratórios e cardiovasculares, osteoarticulares e digestivos a efeitos psíquicos e sociais. Estima-se que cerca de 70 % dos casos diagnosticados  de doenças cardiovasculares estejam relacionadas com o peso a mais.

Melhorar a saúde sendo menos obeso

O excesso de peso implica habitualmente alterações da função da insulina e do metabolismo dos hidratos de carbono, das lipoproteínas e dos triglicéridos. Estes factores de risco concorrem para o aparecimento de doenças cardiovasculares e coronárias.

Outras doenças também associadas ao excesso de peso são a dispneia, apneia do sono, hipertensão arterial, gota, cancro, diminuição da fertilidade e outras.

Os efeitos negativos do excesso de peso passam também por sequelas sociais, como sejam a baixa autoestima, depressões, isolamento e discriminação laboral.

As implicações sociais ligam-se também aos custos econômicos que a sociedade tem de suportar com os tratamentos exigidos a doentes com excesso de peso bem como os custos indiretos associados à perda de produtividade. Estima-se que os custos gerais associados a estes doentes sejam superiores entre 25% e 44% em doentes cujos IMC varie entre 30 a 35 kg/m2 ou mais, se compararmos com doentes de IMC normal (20 a 24,9 kg/m2).

Emagrecer ajuda a evitar doenças

Os benefícios que os doentes irão recolher ao perder peso não os obrigam a obter de imediato o peso ideal perdendo de uma só vez muitas calorias. Qualquer redução com o excesso de peso de muitos doentes em 5% sobre o peso inicial, já contribui para melhorias de realce quanto a doenças associadas ao excesso de peso. Poder-se-ão reconhecer melhorias ao nível do colesterol, tensão arterial, bem estar com os outros, níveis de humor e confiança e aumento da longevidade.

By |Categories: Saúde|0 Comments

Como aumentar a testosterona com alimentação

Muitos homens tem duvidas de como aumentar os níveis de testosterona sem a necessidade de usar os medicamentos, truques e remédios que todos recomendam, especialmente pílulas e tratamentos que nunca produzem resultados muito bons.

Então eu vou compartilhar com vocês algumas dicas específicas que ajudarão você a descobrir como aumentar os níveis de testosterona de uma forma eficaz, saudável e completamente natural, e nós vamos falar especificamente sobre alguns alimentos que são de vital importância para se manter em sua dieta diária.

Para aumentar a testosterona, as vitaminas também são importantes porque ajudam na produção natural do hormônio. A testosterona é extremamente importante para manter a vida sexual ativa naturalmente, suplementos a base de creme também pode ajudar nessa área, como o creme macho macho.

Por exemplo, algumas das vitaminas que são vitais e essenciais para aumentar os níveis de testosterona são Vitamina B12, Vitamina A, Vitamina C, Ômega 3, entre outras. Este tipo de vitaminas ajuda a produção natural de testosterona de dentro do corpo sem a necessidade de injetar medicamentos. Este tipo de vitaminas que você encontra em alguns alimentos que vamos mencionar, por agora eu quero que você tenha em mente que você deve usar este tipo de vitaminas para produzir mais testosterona.

Como aumentar os níveis de testosterona com comida adequada?

aumentar testosterona com dieta

Primeiro de tudo você tem que ter em mente que para produzir e aumentar a testosterona naturalmente, você precisa consumir 100% de alimentos orgânicos. Este tipo de alimento são aqueles como frutas, legumes e carnes magras que não usam nenhum tipo de produto químico durante a preparação. Usando este tipo de alimento irá ajudá-lo a produzir mais testosterona através de uma dieta equilibrada, rica em vitaminas, minerais e gorduras saudáveis.

Por exemplo, se você está procurando aumentar os níveis de testosterona, você definitivamente deve incluir frutas e legumes em sua dieta. Eu posso mencionar espinafre, brócolis, banana, maçã, morango e mirtilo, laranja e grapefruit, só para mencionar alguns deles. A testosterona é um hormônio que ocorre dentro de seu corpo e se você aumentar sua ingestão de vitaminas A e C, que são nestes alimentos que mencionei anteriormente, você definitivamente vai a caminho de atingir o seu objetivo.

Embora não exatamente as carnes magras ajudem a aumentar a testosterona, você deve definitivamente incluí-las, já que você está se alimentando de forma mais saudável. Comer frango sem pele ou peixe vai ajudar você a produzir mais testosterona para muitas vitaminas e minerais que eles contêm, principalmente porque eles contêm gorduras saudáveis, como ômega 3. Este tipo de gordura é muito importante para produzir mais testosterona naturalmente em um curto espaço de tempo.

Em relação ao que diz respeito a frutas e vegetais, é importante que você consuma este tipo de alimento. Se você está procurando aumentar os níveis de testosterona, deve saber que recentemente descobriu-se que a fibra é um combustível poderoso que ajuda seu corpo a produzir mais e mais testosterona. Portanto, eu recomendo que você consuma muitas frutas e vegetais, como os que eu mencionei acima, pois eles não são apenas uma fonte importante de frutas e vegetais, mas também fornecem a fibra que seu corpo precisa para produzir esse hormônio.

Embora não seja o assunto deste artigo, quero mencioná-lo rapidamente. Não é necessário fazer cardio excessivo para aumentar a testosterona. Embora seja verdade que o exercício é importante para aumentar a testosterona, você não deve se matar fazendo exercícios extremos que só causarão fadiga excessiva.

By |Categories: Saúde|0 Comments

Alimentos e exercícios que ajudam na saúde mental

Alguns alimentos fazem muito bem a saúde e você pode tirar o proveito deles de forma simples. Saiba como no artigo:

Alimentos que te deixam mais feliz

alimentos saudaveis

Se você anda muito mal-humorado com as coisas que andam acontecendo no mundo e na sua vida, essa é uma dica importante. Alguns alimentos têm o poder de deixar as pessoas com uma maior sensação de felicidade. Ou seja, mudando a alimentação, você pode ficar mais feliz.
O chocolate é famoso por ter esse poder. No entanto, ele não é o único. Segue a lista desses alimentos:

  • Alface: é calmante e controla a ansiedade e a depressão;
  • Arroz integral: rico em vitamina B1, importante para o sistema nervoso;
  • Banana: ajuda na formação do “hormônio da felicidade“, a serotonina;
  • Castanha: combate o estresse;
  • Cereais: ajudam na liberação da serotonina;
  • Espinafre: contém ácido fólico e vitamina B, que também formam a serotonina e atuam no sistema nervoso;
  • Laranja: melhora o bom humor por ser rica em vitamina C;
  • Leite: também ajuda na formação da serotonina;
  • Ovo: aumenta a sensação de bem-estar;
  • Pimenta: aumenta a produção de endorfina, a substância associada ao prazer e ao bem-estar.

Exercícios contra depressão

A atividade física pode ser um dos melhores remédios contra a depressão e a ansiedade. Um estudo da Associação de Transtornos de Ansiedade da América mostrou que os exercícios trazem muitos benefícios para a saúde mental. Além disso a energia quando caminhamos em pleno sol, faz com que recebemos o infravermelho-longo o que traz inúmeros benefícios, se você não desfruta da energia do sol você pode usar uma pulseira de fir.

Segundo os especialistas, os tratamentos tradicionais, incluindo terapia cognitiva comportamental e medicamentos antidepressivos, não são acessíveis ou eficazes para todos os pacientes.

Os exercícios preenchem a lacuna para pessoas que não podem receber as terapias tradicionais, por causa do custo, da falta de acesso, ou porque não querem devido ao estigma social associado a esses tratamentos.

Os exercícios podem suplementar os tratamentos tradicionais, ajudando os pacientes a se tornarem mais focados e empenhados.

De acordo com os pesquisadores, as pessoas que se exercitam relatam menos sintomas de ansiedade e depressão e menores níveis de raiva e estresse, além de mais energia e melhor humor.

Os efeitos podem ser os mesmos de alguns antidepressivos, agindo em neurotransmissores específicos no cérebro. Por isso, após consultar um médico, esses pacientes devem ser encorajados a se engajar em 150 minutos por semana de atividades físicas moderadas ou 75 minutos de atividades vigorosas.

 

By |Categories: Saúde|0 Comments

Quais os sintomas da testosterona baixa

A baixa testosterona é uma condição que afeta milhões de homens apenas nos Estados Unidos; as estimativas são de cinco a sete milhões; Adicionar nos 20 a 25 milhões que sofrem de andropausa, a supressão total de andrógeno e baixa testosterona é um problema enorme. Eles são números bastante surpreendentes, pelo menos, mas o que é mais surpreendente é a grande maioria daqueles que sofrem pouco ou nada sobre isso. É realmente uma vergonha, como a baixa testosterona é uma condição que é fácil de remediar, mas quando é uma condição que diminui gravemente a sua qualidade de vida.

como aumentar a testosterona medico

Alguns suplementos pode suprir a testosterona baixa e melhorar a qualidade de vida, principalmente no relacionamento quando a sua libido precisa aumentar para satisfazer sua parceira.

É claro que, antes de lidar com isso, você deve conhecer os sinais e, se apontar para si mesmo, precisará saber quais os passos a dar; Felizmente para você, você receberá todas as respostas.

Testosterona e auto-estima alto

A alta testosterona e a auto-estima podem estar ligadas entre si. Isso porque quando você tem altos níveis de testosterona sua auto-estima vai aumentar, pois sua mente estará também mais saudável. Pode acontecer o inverso também, quando você consegue elevar a sua auto-estima, sua testosterona pode subir só por ter alto confiança em si mesmo.

Mas todos os homens tem confiança? Claro que não todos, se você tiver problemas no relacionamento como impotência ou até mesmo sofrer com baixos auto-estima devido ao tamanho do pênis, mesmo tendo formas de aumentar o pênis, isso pode influenciar diretamente com a sua libido e sua testosterona.

Sintomas de baixa testosterona:

A baixa testosterona é uma condição que geralmente é construída lentamente ao longo do tempo, e quando muitos homens percebem que o sofrimento é uma condição que faz parte de sua vida há muito tempo. De muitas maneiras, isso não é tudo o que sinto falta; À medida que envelhecemos, nossos níveis de testosterona diminuem pouco a pouco, e como é tão gradual, é fácil se acostumar com isso. Claro, se acostumar com isso não significa que você deveria;

Você pode se acostumar com muitas coisas na vida que são prejudiciais ao seu bem-estar. Em qualquer caso, a taxa de declínio varia de homem para homem, mas, no entanto, ocorrerá. A maioria dos homens vai notar quedas acentuadas nos anos 40, mas muito mais do que é geralmente assumido começar a ver os seus níveis cair drasticamente na década de 30 como os níveis de testosterona cair, várias coisas podem acontecer que diminuir a sua qualidade vida Estes são os sintomas da baixa testosterona.

Você não pode visualizar cada sintoma; Na verdade, você provavelmente só mostra alguns nos estágios iniciais. Os sintomas da testosterona baixa incluem:

  • Perda de Libido
  • Disfunção erétil
  • Perda de força (apesar da dieta e exercício)
  • Perda de massa muscular (apesar da dieta e exercício)
  • Aumento da gordura corporal (apesar da dieta e exercício)
  • Depressão
  • Perda de energia
  • Insônia
  • Falta de foco ou clareza de pensamento
  • Sistema imunológico enfraquecido

Como você pode ver facilmente, estes são alguns sintomas muito irritantes e podem afetar todas as áreas da nossa vida. Claro, eles não são mortais, mas o que muitos não percebem é que ignorar a esquerda pode abrir a porta para muitas condições mais sérias; alguns dos quais são perigosos para a vida, de fato.

Em qualquer caso, no entanto agora baixa testosterona está indo lá, não há razão para sofrer, e se ele mostra algum dos sintomas acima, você é encorajado a tomar a próxima ação.

By |Categories: Saúde|0 Comments

Mitos e verdades sobre alergia

Espirrar, espirrar e espirrar de novo. Assim é uma crise de alergia que pode ser causada por diversos fatores, como excesso de poeira, cheiro forte ou algum alimento. O problema é tão comum que, certamente, se você não sofre deste mal, tem alguém da família que vive com os sintomas. Já que é assim, vamos conhecer os principais mitos e verdades que envolvem a alergia.

mitos e verdades sobre alergia

Bombinhas para asma fazem mal ao coração.

Mito – A asma é uma doença das vias respiratórias que reduz ou até obstrui o fluxo de ar. As bombinhas possuem broncodilatadores que relaxam os músculos e melhoram a passagem do ar.

Alergia é incurável.

Verdade – Tratamentos à base de cloreto de sódio, água purificada e cloridrato de fexofenadina controlam a irritação. No entanto, não evitam novas crises. Afinal, os alérgicos têm uma condição genética que determina a facilidade dos sintomas.

Não devo usar remédios no nariz por muito tempo.

Verdade – Antes de ingerir um medicamento, consulte um especialista. Remédios para o nariz não devem ser usados por mais que cinco dias seguidos. Os efeitos colaterais vão de obstrução nasal a feridas.

Mulheres grávidas não podem usar remédios para asma ou rinite.

Mito – Com indicação médica, a gestante pode ingerir medicamentos. Em alguns casos, eles permitem que a mãe respire melhor e forneça oxigênio ao feto.

By |Categories: Saúde|0 Comments

Dieta saudável para o dia a dia

Os benefícios que uma dieta saudável e equilibrada traz ao nosso corpo são bem conhecidos. O consumo de alimentos ricos em proteínas e vitaminas, juntamente com a ausência de substâncias nocivas e a prática de exercício moderado, ajuda-nos em grande parte a evitar certas doenças e, sem dúvida, melhora nossa qualidade de vida. Portanto, neste artigo, oferecemos um guia básico sobre alimentação saudável.

Dicas para uma dieta saudável

Para começar, ao pensar em uma dieta saudável, devemos ter claro que nem todos os produtos promovidos com baixo teor calórico, gordo ou natural são realmente recomendados. Muitos deles contêm aditivos e outros produtos químicos nocivos, dos quais devemos fugir para manter nosso corpo em ótimas condições. Por isso, é melhor ler cuidadosamente os ingredientes na embalagem ou consultar o especialista com antecedência.

Por outro lado, podemos estabelecer nossa dieta com base em princípios básicos que nos garantem nutrientes essenciais suficientes ; São gorduras, carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais, que devemos consumir em seus respectivos percentuais apropriados, os quais, por sua vez, dependem das condições do corpo e das recomendações do médico.

Alimentos essenciais em uma dieta saudável

Com base em tudo isso, podemos citar alguns alimentos essenciais em nossa dieta saudável. Um deles é vegetais , cozidos (de preferência mal cozidos e lentos) e crus. Enquanto os primeiros são ricos em nutrientes e favorecem a digestão, os últimos nos dão uma importante variedade de vitaminas. Os mais recomendados a este respeito são cenouras, endívia, aipo, brócolis, pimentão e chicória, entre outros.

Também é aconselhável em uma dieta saudável para consumir freqüentemente cereais como arroz integral, aveia e painço, bem como legumes. Consulte a tabela da dieta dos pontos aqui Os mais saudáveis ​​são lentilhas, grão de bico e azukis, melhor ainda combinados com vegetais. No entanto, devemos comê-los com moderação, especialmente se sofrermos de algum tipo de distúrbio digestivo.

Nem a fruta pode faltar em nossa dieta, graças à grande abundância de carboidratos complexos que ela possui. A melhor maneira de consumi-lo é de manhã ou entre horas, e tomá-lo com moderação, pois aumenta os níveis de glicose no sangue. O mesmo vale para as nozes , ricas em vitaminas, minerais e ácidos graxos essenciais, mas recomendadas apenas em pequenas quantidades. Amêndoas, nozes e gergelim, chia e sementes de linho são as mais saudáveis.

Quanto à carne, devemos garantir que ela seja orgânica e não abuse dela; é melhor comê-lo ao meio-dia e pouco feito. Também é conveniente comer peixe orgânico grelhado duas vezes por semana , combinado com vegetais e ovos, também orgânicos e preferencialmente passados ​​na água ou escalfados em pratos de cereais e vegetais. Além disso, é essencial beber entre 1,5 e 2 litros de água por dia.

Em relação aos alimentos que temos para evitar , encontramos salsichas e carnes industriais (devido ao seu alto teor de aditivos químicos e hormônios), substâncias refinadas (açúcar, sal, adoçantes, etc.) e alimentos processados ​​(por exemplo, a padaria industrial).

Menu diário saudável

Com base em todas essas informações, podemos elaborar o que seria uma ideia de cardápio diário saudável . Como podemos ver, distribuímos a quantidade em 4 vezes, como os especialistas aconselham.

Café da manhã: café com leite semi-desnatado ou chá, com uma ou duas torradas de tomate e queijo fresco ou um pedaço de fruta. Nós também podemos escolher grãos integrais.

Meio da manhã: vários pedaços de frutas, um sanduíche de peru ou presunto cozido, um iogurte natural ou torrada de tomate com presunto serrano. Para acompanhar, um chá, água, um suco natural ou um café com leite.

Comida: um pedaço de carne orgânica acompanhada de legumes cozidos no vapor ou uma salada. Ou, se preferir, um prato de leguminosas (grão de bico, lentilhas, etc.) ou massa integral com um pedaço de fruta ou um iogurte natural como sobremesa.

Snack: Uma ou duas fatias de pão integral com queijo fresco e tomate, bem como uma ou várias frutas ou iogurte natural com grãos integrais. Você pode usar o liponow queimador de gordura para ajudar.

Jantar: peixe grelhado acompanhado de um creme de vegetais com um pedaço de fruta para a sobremesa. Nós também podemos optar por legumes no vapor ou uma salada completa, ou por um bife de frango ou peru acompanhado por legumes cozidos.

Finalmente, insistimos que a comida deve se adaptar às nossas necessidades, então, às vezes, esse tipo de dieta generalizada é insuficiente, especialmente se sofrermos de um distúrbio digestivo ou de intolerâncias alimentares. Nestes casos, é melhor que procuremos um especialista para nos oferecer as diretrizes adequadas para o nosso corpo.

By |Categories: Saúde|0 Comments

Azeite como analgésico e anti-inflamatório natural

O azeite extra virgem tem um composto que ajuda a aliviar as dores, a combater inflamações e a reduzir o risco de cancro. Este é o resultado de um estudo realizado por cientistas norte-americanos da Universidade de Filadélfia, publicado na revista científica Nature.

Há muito que se tem vindo a atribuir ao azeite capacidades ‘medicinais’, nomeadamente graças a pesquisas que destacam os seus benefícios enquanto gordura insaturada e essencial na dieta mediterrânica.

oleo de azeite

Agora, e de acordo com os investigadores, o composto, denominado oleocanthal , actua da mesma forma que o ibuprofeno (substância activa dos analgésicos e anti-inflamatórios). “Uma dose boa de óleo de azeite como quatro colheres, de azeite confere o equivalente a cerca de 10 por cento da dose de ibuprofeno, recomendada para alívio das dores num adulto”, afirmam os cientistas norte-americanos.

Desta forma, o consumo de azeite poderá, a longo prazo, ajudar na prevenção da doença de Alzheimer ou diminuir o risco de cancro.
Segundo Paul Breslin, um dos investigadores, o oleocanthal existe em qualquer azeite extra virgem. No entanto, a sua concentração depende de vários factores, como a variedade da azeitona e a sua idade na altura em que é prensada. Por isso, para escolher o azeite com a maior dose deste composto, o investigador aconselha aqueles que tenha um “sabor autenticamente mediterrânico”.

Para chegarem a estas conclusões, os cientistas analisaram vários tipos de azeite, quer de versões naturais quer sintéticas. Em ambas, ficou demonstrado que possuem a mesma capacidade irritante na garganta. Ou seja, uma boa forma de se saber se o azeite é de boa qualidade, é “tomar um pequeno gole e verificar quão forte é a sensação”, afirmou Paul Breslin. E acrescentou: “Quanto maior o ardor, maior o nível de oleocanthal “.
Apesar do referido composto não ter, à partida, o mesmo efeito imediato que o ibuprofeno , os cientistas acreditam que este pode ser uma boa arma de prevenção em situações futuras.

By |Categories: Saúde|0 Comments

Acupuntura para a saúde dos animais

Os pontos de acupuntura, encontrados sobre os meridianos, são áreas da pele através das quais podemos afetar e alterar o fluxo de QI. Quando um animal está doente, existe um desequilíbrio ou interferência no fluxo de QI.

Após experimentos de Oswald Kothbauer na Áustria e Erwin Westermayer na Alemanha,em bovinos e eqüinos, a acupuntura começou a ser levada a sério e reconhecida como um método terapêutico legítimo em medicina veterinária no mundo ocidental.

Para que o médico veterinário possa ser capaz de fazer um diagnóstico através da medicina tradicional chinesa e assim, obter bons resultados com o tratamento de acupuntura, é necessário que ele tenha um profundo conhecimento do sistema de meridianos e o relacionamento desses meridianos com órgãos, vísceras ,além dos possíveis problemas e doenças relacionados a estes meridianos. Além disso, a clinica precisa ter uma boa estrutura para atender esses animais com um bom sistema para clinica veterinaria para fazer os controle e ajustes para cada animal.

acupuntura animal

Abaixo, você verá uma lista das principais áreas em que a acupuntura obtém bons resultados

Músculo- Esquelético

Esta é a área mais comumente tratada com acupuntura na prática médica ocidental. Alguns médicos veterinários se limitam ao tratamento de problemas relacionados à artrite, artrose, dores e lesões musculares, ignorando uma série de outros problemas orgânicos que podem ser beneficiados pela acupuntura.

Ginecologia

Todos os problemas reprodutivos podem ser tratados com o auxílio da acupuntura, incluindo anestro, metrite, distocia, retenção de placenta, agalactia, mastite e infertilidade.

Problemas Reprodutivos no Macho

Impotência, orquite, epididimite, diminuição de libido e de contagem de espermatozóides são problemas tratados com sucesso através da acupuntura.

Alterações Hormonais

Quase todo o sistema endócrino pode ser influenciado pela acupuntura, incluindo algumas funções do hipotálamo,hipófise, tireóide, para-tireóide e adrenais. Também é possível regular os níveis de açúcar no sangue (glicemia).

Neurologia / Psicologia

A ansiedade, epilepsia e alguns problemas comportamentais respondem bem a tratamentos com acupuntura.

Dermatologia

A pele nos mostra se o animal vem sendo bem nutrido além de podermos avaliar a capacidade de excreção através do sistema respiratório, digestivo e urinário. Se o acupunturista veterinário mantiver estes sistemas funcionando regularmente, isso estará refletido em uma pele saudável e pelagem bonita e lustrosa.

Performance

A acupuntura vem sendo utilizada para a melhora da performance em cães e cavalos. Dependendo do que se quer obter, o tratamento deve ser feito um ou dois dias antes da competição, devido à capacidade de relaxamento e sedação da acupuntura.

Muito veterinários vem utilizando aparelhos a laser para a acupuntura, em substituição das agulhas.

A eletro acupuntura é muito útil em alguns tratamentos específicos. Quando é necessária uma manipulação mais forte ou prolongada, a eletro estimulação conseguirá um estímulo mais forte em menos tempo. É uma opção quando o tratamento com agulhas convencionais não obtém o efeito desejado.

É importante ter sempre em mente de que existe uma série de problemas que necessitam de tratamento com medicamentos e cirurgias. O uso da acupuntura associada ao tratamento com drogas e cirurgias aumenta muito a chance de recuperação e a qualidade de vida de seu cão ou gato, além de acelerar o processo de recuperação.

Se você procura um bom sistema para controle de animais, recomendamos o Nuvem Vet(http://www.sistemaveterinaria.info/)

By |Categories: Saúde|0 Comments